You are currently viewing Qual o futuro do salto alto?

Qual o futuro do salto alto?

Considerado um dos grandes vilões da pandemia, o salto alto tenta voltar às ruas, com o relaxamento das restrições e a vida voltando aos poucos ao normal.

De acordo com uma pesquisa realizada pelo NPD Group, as vendas de salto alto caíram 45% nos Estados Unidos em 2020. E no segundo trimestre de 2021, esse número subiu para 71%. 

Aqui no Brasil também não foi muito diferente. As mulheres priorizaram os sapatos de saltos mais baixos, como flats, rasteiras, mocassins e tênis.

Mas será que depois de tanto tempo prezando pelo conforto e praticidade, as mulheres voltarão a usar?

Símbolo do poder

O salto alto é conhecido como símbolo do poder. Consta na história da moda que os primeiros sapatos de salto alto foram encontrados no antigo Egito há 3.500 a.C., porém ganharam funcionalidade na Pérsia, que teve seu auge no século VI a.C.

No entanto, foram os ricos e poderosos venezianos, entre os séculos IX a XVIII, que transformaram os sapatos altos, com seus designs e tecidos luxuosos, num verdadeiro símbolo de status.  

Na França, Luís XIV, o conhecido rei Sol, passou a usar salto alto para compensar a sua baixa estatura. E ainda restringiu o seu uso apenas à nobreza, o que aumentou ainda mais o prestígio desse item do vestuário, tornando-o um verdadeiro símbolo de poder e riqueza.

No século passado, o salto alto, que estava em desuso, voltou com força e teve ajuda de Hollywood, que o transformou definitivamente num símbolo de elegância. 

A partir daí, o salto alto passou a fazer parte do imaginário feminino dentro e fora das passarelas. 

Não há como negar que esse tipo de sapato faz diferença no visual, deixando-o mais poderoso.

Conheça os sapatos de salto alto da Quinta Valentina!

O salto alto não foi “cancelado”, apenas revisto 

Como falamos no início, o impacto do coronavírus no setor calçadista brasileiro atingiu principalmente o salto alto.

De acordo com a Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), a produção deve diminuir em 30% até o final do ano, em comparação com 2020.

Apesar disso, muitos lançamentos ocorrem em todo o mundo. 

Em contrapartida, estilistas e marcas conhecidas pelo design desse tipo de sapato também optaram por lançar outros modelos de calçados streetwear e tênis.

O que podemos concluir é que não houve um “cancelamento”, mas uma reinvenção desse modelo, quanto a sua aparência, e também dos momentos em que será utilizado.

Afinal, existem ocasiões em que os saltos altos são indispensáveis, não é mesmo?

Conheça os sapatos de salto alto da Quinta Valentina!

O futuro do salto alto

Sabe aquele ditado que diz: “Depois da tempestade vem a bonança”? Pois bem, é exatamente isso que pensamos a respeito do salto alto.

A pandemia favoreceu e muito o uso de outros tipos de sapatos, principalmente aqueles de categorias mais confortáveis, no entanto, o salto alto nunca sairá de moda.

Isso porque ele tem o poder de deixar a mulher mais elegante e alongar a silhueta. Além disso, deixa as pernas mais torneadas.

No futuro, quando a pandemia realmente passar e tudo voltar ao normal, certamente muitas mulheres voltarão a usar o bom e velho salto alto. Assim como outras terão um certo receio em colocar esses sapatos.

O importante é que cada uma se sinta à vontade e bela com aquilo que esteja vestindo.

Quer saber mais sobre esse tipo de sapato? Então assista ao vídeo que fizemos sobre ele!

Valentina’s Day – Tipos de Saltos