You are currently viewing Mães empreendedoras: conheça os desafios e oportunidades de ter um negócio de sucesso

Mães empreendedoras: conheça os desafios e oportunidades de ter um negócio de sucesso

  • Post category:Geral
  • Reading time:7 mins read

Não há como negar: ser mãe muda a vida de uma mulher. E isso tanto no pessoal como no profissional. 

A chegada de um bebê faz com que as mulheres se dividam entre a rotina de cuidar do filho e o trabalho. 

E para dar conta de conciliar essas duas atividades, muitas mães viram empreendedoras, o que é uma excelente alternativa para aquelas que desejam passar mais tempo com os filhos.

De acordo com uma pesquisa feita pela Rede Mulher Empreendedora (RME), 68% das donas de negócios do país começaram a empreender depois de ter filho.

Quer saber quais os principais motivos que levaram essas mulheres a empreender, seus desafios e oportunidades? Então continue a leitura do texto.

O que faz as mães buscarem algo para empreender?

Apesar de o mercado, com a pandemia do novo Coronavírus, permitir o trabalho home office, ainda é necessário se dedicar, ao menos, oito horas por dia ao trabalho e estar sempre conectado. E as mães, hoje em dia, desejam mesmo é estar com os filhos.

Muitos são os questionamentos que passam pela cabeça de uma mulher nessa fase: Consigo arrumar um emprego com mais flexibilidade? Volto ao meu trabalho antigo ou invisto em algo novo?

Sabemos que conciliar as responsabilidades da maternidade com uma carreira de sucesso pode ser uma tarefa intimidadora. No entanto, todo empreendedor de sucesso precisa aprender a conciliar a vida pessoal e a profissional. 

Seja uma franqueada Quinta Valentina! A franquia de bolsas e sapatos femininos de baixo investimento e operação simplificada.

E o primeiro passo é assumir suas forças e fraquezas, sem falsa modéstia. Para isso, realize essa autoanálise considerando separadamente os três aspectos da sua vida: mãe, mulher e empreendedora. 

Aquilo que você considerar que está bom, procure manter. Depois, pegue aqueles aspectos nos quais precisa melhorar e reflita sobre eles. Feito isso, estabeleça prioridades e parta para a ação.

Somente quando você estiver bem consigo mesma, investindo em seus potenciais e melhorando aquilo que não está muito legal, irá se transformar também enquanto mãe empreendedora.

Para empreender, é preciso ter muita certeza disso, se planejar, estudar e, por fim, se dedicar ao negócio.

Principais erros cometidos ao empreender 

Ninguém está livre dos erros. Mas o ideal é tentar amenizá-los para que o negócio seja lucrativo e traga ótimo retorno.

Veja abaixo alguns dos principais erros cometidos ao empreender, para que você possa passar longe deles.

Achar que as outras fazem melhor

Existem vários exemplos de mães empreendedoras de sucesso, com histórias incríveis de superação, porém é preciso que você confie no seu potencial.

Apesar de todo esforço e dedicação necessários, obviamente algumas dificuldades aparecerão. E quando você acredita que é capaz, as outras pessoas também irão concordar com isso.

Não usar os produtos que você vende

Como você irá vender um produto se você não conhece ele na prática ou não faz uso todos os dias? Lembre-se, você é a sua marca. Portanto, experimente tudo e estude sobre ele.

Seja uma franqueada Quinta Valentina! A franquia de bolsas e sapatos femininos de baixo investimento e operação simplificada.

Tenha cuidado com a escolha do seu sócio

Como diz o ditado popular: sociedade é igual casamento. Sendo assim, se você escolher um sócio apenas porque precisa do seu aporte financeiro, tenha muito cuidado!

O ideal é buscar um sócio que tenha habilidades ou condições diferentes das suas, para que as ideias possam se complementar, porém deve haver afinidade entre ambos.

Dar um passo maior do que você realmente consegue  

Quando o assunto é planejamento financeiro, algumas pessoas não o fazem de forma adequada e acabam investindo mais do que podem. 

A orientação é que você opte por um negócio que caiba no seu orçamento e dê um retorno mais rápido.

Não estabelecer metas

Um negócio não deve ser aberto apenas porque dá dinheiro. É preciso estabelecer metas e ter uma previsão do retorno do investimento. 

Além disso, a mãe empreendedora deve apostar em algo que goste, para conseguir lidar com os altos e baixos que possivelmente surgirão.

Misturar finanças pessoais com as da empresa

Essa história de misturar contas pessoais com as da empresa é muito comum, principalmente para quem está começando um novo negócio. 

Isso acontece por falta de conhecimento ou até mesmo falsa praticidade. Contudo, uma mãe empreendedora precisa ter a noção de que ela não é a dona do dinheiro da empresa e que tem direito apenas ao pró-labore, ou seja, o salário como funcionária.  

Desconsiderar os concorrentes

Independentemente do tipo de negócio que você escolher abrir, é fundamental estar atenta às suas concorrentes, o que elas fazem de bom e ruim, e como superá-las. 

Não se capacitar

Um ponto importante para todos aqueles que desejam empreender é se capacitar. Isso significa que você deve escolher bem o segmento que deseja atuar, estudar os investimentos e retornos, além de entender um pouco sobre finanças, marketing e vendas. 

Capacitar-se quer dizer estar aberta e ativa para buscar novos conhecimentos, se atualizar sobre o mercado, conhecer uma diversidade de técnicas para melhor gerenciar o próprio negócio, trabalhar a criatividade e a motivação para sempre enxergar à frente e não se contentar com o negócio como está, mas prosseguir sempre trabalhando para torná-lo melhor.

Ser uma mãe empreendedora de sucesso é isso: buscar novos conhecimentos, ter consciência de que sua limitação é por ser humana e não por ser mãe, procurar se atualizar sobre o mercado, trabalhar a criatividade e superar os seus limites.

Seja uma franqueada Quinta Valentina! A franquia de bolsas e sapatos femininos de baixo investimento e operação simplificada.

Por que apostar na franquia da Quinta Valentina?

Se você ainda não conhece o modelo de franquia da Quinta Valentina, então saiba que esta é a oportunidade de apostar em um negócio de baixo investimento, a partir de R$ 36.000, e operação simplificada.

Isso porque os atendimentos são realizados de forma totalmente personalizada, entregando assim a melhor experiência de compra possível para a cliente final.

É mãe e quer ficar mais tempo com o seu filho? Conte com a gente!

Temos orgulho de dizer que nossas franqueadas são mulheres que se colocaram no mercado de trabalho, não esperaram para ir à luta, e a Quinta Valentina as ajudou, capacitando-as não só para o varejo de moda, mas levando conhecimento sobre temas do dia a dia da mulher.

Como o nosso modelo de negócio não prevê loja física, as nossas franqueadas procuram entender o que o cliente precisa, quais os tipos de bolsas e sapatos atendem às suas necessidades, e enviam os produtos até a sua casa ou trabalho. 

Dessa maneira conseguimos transmitir segurança e transparência no atendimento às nossas consumidoras. 

É importante ressaltar que todas as nossas franqueadas estão seguindo os protocolos de segurança relacionados à Covid-19.

Outro ponto importante é que a Quinta Valentina permite que você escolha seus produtos de acordo com o perfil de suas clientes, sem a necessidade de seguir regras de compra mínima por modelo.

Que tal se tornar uma franqueada Quinta Valentina e ainda curtir o crescimento dos seus filhos de pertinho?