fbpx Skip to main content

9 razões para investir em franquia

Se você deseja empreender e está na dúvida entre abrir uma franquia ou começar o negócio do zero, nós podemos te dar alguns motivos para optar pela primeira opção.

Em alguns casos, investir em franquia pode ser até um pouco mais caro, porém a garantia de sucesso é maior.

De acordo com o Sebrae, a cada 100 empresas que abrem, 23 encerram suas atividades num período de dois anos. Já no caso das franquias, a cada 100 que abrem no Brasil, somente cinco fecham suas portas no mesmo período de tempo.

E você sabe por que isso acontece? As franquias são negócios que já foram testados no mercado e puderam ser aprimorados com o tempo, ou seja, já atingiram um nível de maturidade que os novatos não possuem.

Mas afinal, o que é uma franquia e como ela funciona? Quais as suas vantagens? Falaremos sobre isso a seguir.

O que é franquia e como funciona

Em suma, podemos dizer que franquia é um negócio cujo modelo de operação é, literalmente, copiado e transferido para outro ponto comercial. Isso tudo com a autorização de quem possui os direitos e criou o modelo inicial.

De uma maneira mais simples, a franquia consiste na concessão do direito de uso fornecida pelo proprietário de uma marca (franqueador) a um investidor (franqueado). Dessa maneira, ele pode replicar em diferentes locais um formato já conhecido e bem sucedido.

Sendo assim, podemos considerá-la como uma estratégia que comercializa o direito de uso de uma marca, patente, infraestrutura, know-how e direito de distribuição.

Aqui no Brasil, esse segmento é regulamentado pela Lei de Franquias nº 13.966/2019.

O Artigo 1º da legislação define franchising como: “o sistema de franquia empresarial, pelo qual um franqueador autoriza por meio de contrato um franqueado a usar marcas e outros objetos de propriedade intelectual, sempre associados ao direito de produção ou distribuição exclusiva ou não exclusiva de produtos ou serviços e também ao direito de uso de métodos e sistemas de implantação e administração de negócio ou sistema operacional desenvolvido ou detido pelo franqueador, mediante remuneração direta ou indireta, sem caracterizar relação de consumo ou vínculo empregatício em relação ao franqueado ou a seus empregados, ainda que durante o período de treinamento”.

Seja uma franqueada Quinta Valentina! A franquia de bolsas e sapatos femininos de baixo investimento e operação simplificada.

Como funciona o modelo de franquias?

De modo geral, o franchising funciona à base de uma relação de interdependência entre a franqueadora e o franqueado, que é quem investe e trabalha no negócio propriamente dito.

Em contrapartida, em decorrência do uso da imagem da marca e da utilização do know-how do negócio, a rede pode cobrar royalties, que é uma taxa calculada com base no faturamento bruto da unidade. Esse valor costuma ser cobrado mensalmente.

É importante ressaltar que, por se tratar de uma franquia, há uma certa limitação da autonomia das unidades, já que elas devem seguir uma série de normas e padrões instituídos pela marca.

Por outro lado, a rede franqueadora é responsável por fornecer suporte aos franqueados, envolvendo os mais diversos âmbitos do negócio, desde as tarefas operacionais relacionadas à produção, até questões relacionadas à gestão administrativa, contábil e financeira.

Normalmente, essa transmissão de conhecimento se dá por meio da disponibilização de manuais, treinamentos EAD ou presenciais. Tudo isso com a finalidade de preparar o franqueado para que ele conheça profundamente a marca e o modelo de negócio, a fim de que tenha o know-how necessário para levar o negócio adiante.

Por que investir em franquia?

Listamos abaixo 9 razões para investir em franquia. Confira todas elas!

1- Maior facilidade de expansão

Como os modelos de franquias já são prontos e as franqueadas estão sempre pensando em novos pontos estratégicos para sua ampliação, a expansão acaba se tornando uma realidade mais presente.

Ou seja, é possível que um franqueado tenha mais de uma loja da mesma franquia, em diferentes bairros ou até mesmo cidades.

2- Conhecimento de marca

Ter uma marca conhecida e consolidada é muito mais fácil do que iniciar algo do zero. Além do mais, você pode contar com departamentos de marketing, comunicação e outros para ajudar na divulgação do negócio.

3- Segurança para o investidor e franquia

O contrato é peça fundamental para garantir que tanto o franqueador como o franqueado estão assegurados juridicamente contra possíveis revisões do acordo. O que dá mais segurança para o investidor trabalhar e para a franquia continuar aperfeiçoando o seu negócio.

4- Assistência e treinamento contínuo

De modo geral, quem busca uma franquia também busca conhecimento do mercado e apoio em relação à seleção e treinamento de funcionários, além de dicas de gestão.

Sendo assim, é importante que você saiba que, antes de abrir as portas da sua franquia, você passará por um treinamento de gestão da sua unidade. Ou seja, a franqueadora te ensinará todo o necessário para o controle do negócio.

E mesmo após a abertura, a marca continuará a acompanhar seus resultados e, quando necessário, recomendar ações a serem tomadas.

5- Criatividade e estratégias de marketing

Diferente do que ocorre com novos negócios, lançar um produto não é uma dificuldade no franchising, uma vez que as redes franqueadoras realizam pesquisas de mercado, garantindo a aceitação junto ao público.

Outro ponto importante é a divulgação. Para isso, as franquias possuem um plano de marketing definido e aprovado, o que traz segurança para o franqueado.

6- Padronização

É fato que é muito mais fácil manter um padrão determinado e que sabemos que dá certo do que criar um do zero e então testá-lo no mercado.

E essa é uma das principais razões para investir em uma franquia. Para conhecer a operação e entender o padrão a ser adotado, você precisará conhecer algumas unidades da marca.

7- Melhor negociação com fornecedores

Como a compra realizada por uma franquia, normalmente, é voltada para todas as unidades da rede, fica mais fácil conseguir produtos por preços mais baixos, o que acarreta num maior faturamento.

8 – Plano de negócio estruturado

Com certeza um dos pontos positivos das franquias é que elas já possuem um plano de negócio definido. E, como muitas vezes, o empreendedor não tem tempo nem habilidade para definir todos os fatores que podem interferir no negócio, contar com a experiência de quem entende pode contribuir para o sucesso da sua loja.

9 – Planejamento prévio dos gastos de instalação do negócio

Toda franquia, seja ela home office ou uma loja, já pressupõe um padrão e um modelo a ser seguido. Com isso, os custos para a sua implantação estão definidos pela franqueadora, o que facilita o planejamento de gastos com a abertura do negócio, evitando o comprometimento de seu fluxo de caixa.

Seja uma franqueada Quinta Valentina! A franquia de bolsas e sapatos femininos de baixo investimento e operação simplificada.

Formatos de franquias

Os últimos anos trouxeram um crescimento das franquias home office ou home based, portanto é possível encontrar esse modelo de negócio em diversos formatos.

No entanto, as oportunidades de inserção de unidades variam de acordo com os mercados-alvo previstos no plano de expansão. Sendo assim, determinados padrões acabam sendo mais adequados do que outros.

Home office ou home based

As franquias home office, também conhecidas como home based, estão fazendo muito sucesso entre aqueles que desejam empreender e gerenciar suas unidades de dentro de suas próprias casas.

Vantagens

  • Não há necessidade de alugar um imóvel;
  • A contratação de funcionários é bastante reduzida, em alguns casos até nula;
  • Investimentos mais baixos.

Desvantagens

  • É necessário um maior controle da franqueadora;
  • O franqueado precisa ser bastante disciplinado;
  • Não é todo negócio que se enquadra nesse modelo.

Lojas físicas

Apesar do crescimento do e-commerce e das vendas online, as lojas convencionais continuam sendo o principal formato utilizado pelos consumidores na hora de efetuar suas compras, segundo dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF).

Vantagens

  • Contempla os serviços da maioria dos segmentos de franchising e são formatos muito flexíveis;
  • Maior atração de clientes;
  • Otimização da experiência de marca para o consumidor. 

Desvantagens

  • Investimento mais alto, uma vez que envolve o ponto, a manutenção do local, eventuais reformas, pagamento de aluguel e demais gastos com a padronização da unidade.
  • Caso algo não dê certo, o prejuízo também é maior.

Quiosques

Em suma, os quiosques são espaços menores, geralmente montados em meio a locais com grande circulação de pessoas. Eles são ótimas opções para marcas que pretendem expandir suas unidades para cidades pequenas.

Vantagens

  • Financeiramente mais viável para o investidor;
  • Menor custo de aluguel, manutenção, reformas e instalação;
  • Menos funcionários precisam ser contratados e a gestão se torna muito mais fácil para empreendedores que são iniciantes.

Desvantagens

  • Devido ao seu formato específico, só funciona bem em locais de grande circulação;
  • Com espaço reduzido, não combina com muitos segmentos.

Food Trucks

Os food trucks passaram a ser adotados por empreendedores do ramo da alimentação, pois a estrutura é mais barata que uma loja física, são mais fáceis de instalar e têm o diferencial do deslocamento.

Vantagens

  • Fácil replicação e expansão;
  • Baixos custos de instalação;
  • Maior exposição ao consumidor, principalmente em eventos fechados ou espaços públicos;
  • Mobilidade da unidade.

Desvantagens

  • Os custos de manutenção envolvem dois aspectos: os valores da estrutura e a manutenção do veículo;
  • A funcionalidade da loja pode ser prejudicada caso não sejam feitos os devidos reparos.

Containers

Para quem não conhece, os containers são opções de espaços comerciais que demandam custos menores de instalação e manutenção. De modo geral, eles atendem à necessidade de infraestrutura e oferecem a praticidade que o cliente precisa.

Vantagens

  • O principal atrativo é o baixo valor de investimento;
  • Menores custos de instalação, manutenção e das taxas de franquia;
  • Praticidade, não apenas de instalação, mas também de funcionamento.

Desvantagens

  • Limite de espaço, filtrando a possibilidade de adaptação de algumas empresas para o formato;
  • Padronização rígida das unidades de containers.

Como adquirir uma franquia?

Quem deseja adquirir uma franquia deve, antes de tudo, analisar cada oportunidade, a fim de encontrar aquela que mais se enquadra ao seu perfil.

Muitas pessoas têm o sonho de ter o próprio negócio, porém não conseguem concretizá-lo por insegurança.

No entanto, essas dúvidas só serão sanadas mediante uma pesquisa profunda das oportunidades oferecidas, das empresas franqueadoras e dos empresários que estão por trás de cada negócio.

Como se tornar uma franqueada Quinta Valentina

O modelo de franquia da Quinta Valentina é um negócio de baixo investimento, a partir de R$ 36.000,00, e operação simplificada, onde os atendimentos são realizados de forma totalmente personalizada, entregando assim a melhor experiência de compra possível para a cliente final.

Temos orgulho de dizer que nossas franqueadas são mulheres que se colocaram no mercado de trabalho, não esperaram para ir à luta, e a Quinta Valentina as ajudou, capacitando-as não só para o varejo de moda, mas levando conhecimento sobre temas do dia a dia da mulher.

Nosso modelo de negócio não prevê loja física. Sendo assim, as nossas franqueadas procuram entender o que o cliente precisa, quais os tipos de bolsas e sapatos atendem às suas necessidades, e enviam os produtos até a sua casa ou trabalho.

Com isso, conseguimos transmitir segurança e transparência no atendimento ao consumidor.

Outro ponto importante é que a Quinta Valentina sempre permite que você escolha seus produtos de acordo com o perfil de suas clientes, sem a necessidade de seguir regras de compra mínima por modelo. Os pedidos mínimos vão de seis a doze pares.

Conclusão

Como vimos ao longo do texto, investir em uma franquia é mais vantajoso do que iniciar um negócio do zero. As chances de sucesso são maiores e o suporte é ponto chave para que a sua empresa decole.

Agora que você já conhece as 9 razões para investir em franquia e o que é preciso para que o negócio dê certo, não deixe de conhecer a franquia home office da Quinta Valentina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *